Prudent Worker

    Hoje, voltando para casa, estava eu no ônibus, parada, naquela tranqueira que naturalmente acontece na frente da rodoviária na hora do rush – e nestes últimos dias acentuada pela construção do gasoduto, diga-se de passagem – quando uma cena, no mínimo curiosa, me chamou a atenção: Um dos operários estava ao lado do buraco escavado junto a um botijão de gás fumando um cigarro enquanto os outros trabalhavam. Será que só eu vi um problema nisso? Eu, hein…     Continue reading Prudent Worker

Native English Teachers

                      Apostrophe Abuse                                                                                          at Buyback$ in Clarksville, IN                                                                                   in Sacramento                                                                                  at Wal Mart, in Colorado                                                                                                                                                          in Australia                                                                                                                at Macy’s                                                                                                                                                                              Oh dear!     Continue reading Native English Teachers

Dutch Courage

  Why can’t you hear my cries? Because you’re never there, you’ll say I know, I know… but are you ever there?   Will you still be there? I don’t know, you’ll say Nobody knows what future holds, you’ll tell me Fair enough.   What should I do then? It’s up to you, you’ll say This is really hard, you know And you’re not helping!   Sometimes it seems there’s only one player in this game There’s only one heart There’s only one mind I know that’s not the face of truth though   I know there are two in … Continue reading Dutch Courage

A Morte – Pedro Bial

A Morte Pedro Bial   Assisti a algumas imagens do velório do Bussunda, quando os colegas do Casseta & Planeta deram seus depoimentos,parecia que a qualquer instante iria estourar uma piada, estava tudo sério demais, faltava a esculhambação, a zombaria, a desestruturação da cena,mas nada acontecia ali de risível, era só dor e a perplexidade, que é mesmo o que causa em todos os que ficam.A verdade é que não havia nada a acrescentar no roteiro: a morte por si só, é uma piada pronta. Morrer é ridículo.Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário.Tem planos para … Continue reading A Morte – Pedro Bial